X
X
 


Pick-upau online
Notícias+
FNMA é o novo parceiro do Projeto Refazenda
Fundo investirá na recuperação de 25 hectares de mata atlântica

Parceria ente o Fundo Nacional do Meio Ambiente e a Agência Ambiental Pick-upau irá produzir 30.000 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica no viveiro do Projeto Refazenda e irá recuperar cerca de 25 hectares de florestas em duas Unidades de Conservação de São Paulo.

Mudas no viveiro do Projeto Refazenda.

Parceria firmada entre as duas instituições irá beneficiar cerca de 12 famílias da comunidade guarani Terra Indígena Tenonde Porã, a maior aldeia da cidade de São Paulo, localizada no extremo sul da capital, e inserida na Área de Proteção Ambiental Capivari-Monos. O Projeto também contemplará oito famílias do entorno do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, uma das mais importantes Unidades de Conservação da capital paulista.

Área reflorestada pelo Refazenda/Atmosfera.

Á área a ser recuperada no PE Fontes do Ipiranga, sob responsabilidade do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade de São Paulo (CienTec), sofreu um incêndio florestal causado pela queda de balões, atividade, infelizmente, comum na região do entorno parque. Localizado em um ponto estratégico da cidade, o PEFI fica ao lado do Aeroporto de Congonhas e tem divisa com a Rodovia dos Imigrantes (SP-160). O PE das Fontes do Ipiranga, além de abrigar a nascente do histórico Riacho do Ipiranga é sede de várias instituições importantes como o Instituto de Botânica do Estado de São Paulo, a Fundação Parque Jardim Zoológico de São Paulo, o Zoo Safári, a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento e o Jardim Botânico de SP.

Indígena participa de reflorestamento em Unidade de Conservação.

Segundo a coordenadora do Projeto Refazenda, Andrea Nascimento, o PRAD (Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas) que será desenvolvido no parque irá reduzir significativamente as áreas destruídas da Unidade de Conservação. “O Pick-upau iniciou a recuperação do parque há dois anos em parceria com a Sabesp e o próprio CienTec. Agora com a parceria da organização com o FNMA, iremos chegar bem próximos de zerar as áreas degradadas do Parque Estadual da Fontes do Ipiranga.”, explica Nascimento, que também faz parte do CONDEPEFI, Conselho de Defesa do parque Estadual das Fontes do Ipiranga.

Sobre o Pick-upau
O Pick-upau é uma organização não-governamental sem fins lucrativos de caráter ambientalista 100% brasileira dedicada a preservação e a manutenção da biodiversidade do planeta. Fundada em 1999, por três ex-integrantes do Greenpeace-Brasil e originalmente criada no Cerrado brasileiro, tem sua base, próxima a uma das últimas e mais importantes reservas de mata atlântica da cidade São Paulo, a maior metrópole da América Latina. Por tratar-se de uma organização sobre Meio Ambiente, sem uma bandeira única, o Pick-upau possui e desenvolve projetos em diversas áreas ambientais. Saiba mais: www.pick-upau.org.br

Sobre o Projeto Refazenda
O Projeto Refazenda é uma iniciativa do Pick-upau, uma organização não-governamental sem fins lucrativos de caráter ambientalista, 100% brasileira, em parceria com o Fundo Especial do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e a aldeia guarani Tenonde Porã. O programa tem entre seus principais objetivos a produção de mudas nativas da mata atlântica, como forma de fomento da economia da comunidade indígena beneficiada e o aumento da oferta de produtos florestais destinados a recuperação e ampliação da cobertura vegetal de um dos biomas mais ameaçados do país, a mata atlântica. Saiba mais: www.refazenda.org.br

Sobre o FNMA
O Fundo Nacional do Meio Ambiente criado há 20 anos, é hoje o principal fundo público de fomento ambiental do Brasil, constituindo-se como um importante parceiro da sociedade brasileira na busca pela melhoria da qualidade ambiental e de vida. O FNMA é uma unidade do Ministério do Meio Ambiente (MMA), criado pela lei nº 7.797 de 10 de julho de 1989, com a missão de contribuir, como agente financiador, por meio da participação social, para a implementação da Política Nacional do Meio Ambiente - PNMA. O FNMA é hoje referência pelo processo transparente e democrático na seleção de projetos. Seu conselho deliberativo, composto de 17 representantes de governo e da sociedade civil, garante a transparência e o controle social na execução de recursos públicos destinados a projetos socioambientais em todo o território nacional. Ao longo de sua história, foram 1.400 projetos socioambientais apoiados e recursos da ordem de R$ 230 milhões voltados às iniciativas de conservação e de uso sustentável dos recursos naturais.

FNMA é parceiro do Refazenda.

Sobre o CienTec
O Parque CienTec é uma instituição que oferece entretenimento educativo e de qualidade para crianças, jovens a adultos. Por meio de seus diferentes passeios, demonstrações e experiências, a ciência e a tecnologia ficam muito mais próximas do visitante, que aprende enquanto se diverte e se diverte enquanto aprende. Programas educacionais orientados e um ambiente privilegiado e circundado por Mata Atlântica permitem ao Parque CienTec oferecer aos seus visitantes uma alternativa moderna para o aprendizado da ciência, da tecnologia e da cultura humanística em geral. O CienTec-USP é um órgão vinculado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo.

Sobre a APA Capivari-Monos
A Área de Proteção Ambiental Capivari-Monos (APA) é um tipo de Unidade de Conservação, onde existem terras públicas e privadas, cujos objetivos são: proteger a biodiversidade, os recursos hídricos e os remanescentes da Mata Atlântica; resguardar o patrimônio arqueológico e cultural; promover a melhoria da qualidade de vida das populações; manter o caráter rural da região e evitar o avanço da ocupação urbana na área protegida. Criada em junho de 2001, a APA possui 25 mil hectares (1/6 da área de São Paulo) e está inserida na Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo e na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Sobre a Terra Indígena Tenonde Porã
A aldeia Tenonde Porã está situada na região sul do município de São Paulo (cerca de 60 km do centro), Distrito de Parelheiros, com grande parte da área indígena às margens da represa Billings. A comunidade Guarani M’bya possui apenas 26 hectares, demarcados e homologados em 1987, onde vivem atualmente 170 famílias com cerca de 900 pessoas. Apesar do crescimento acelerado e desordenado da região e do contato com a sociedade do entorno, esta população vem se assegurando como um povo. Os conhecimentos milenares são passados por gerações através da oralidade dos mais velhos, seus rituais, artesanato e da valorização de sua cultura.

Sobre o Parque Estadual das Fontes do Ipiranga
Também conhecido como Parque do Estado ou Parque da Água Funda, o PEFI tem sua origem no século XIX, precisamente em 12 de setembro de 1893. A partir da Lei de 17 de agosto de 1892 que autorizava o reforço do abastecimento de água em São Paulo, resultou o Decreto Estadual nº 204 de 12 de setembro de 1893 que declarou de utilidade pública os terrenos da Bacia do Ribeirão Ipiranga, pertencente à época a diversos proprietários. O parque inicialmente englobava uma área de 6.969.000 m2, cerca de 22% maior do que é hoje. Saiba mais: www.condepefi.sp.gov.br

Da Redação

 
 
http://www.mudasnativas.org.br/
Copyright Pick-upau
Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil